jump to navigation

Futebol mais real Outubro 3, 2008

Posted by nunomachado in Antevisões, PC.
trackback

 A expectativa era enorme. As promessas eram muitas. E finalmente o momento mais esperado chegou. O rei dos simuladores de futebol, o “Pro Evolution Soccer” chegou em forma de demo e mostrou que está diferente, para melhor, em relação ao seu antecessor. A versão 2009 aoresenta desde logo um aspecto gráfico renovado, quebrando com os antigos menus das versões anteriores. Nesta demonstração apenas se pode aceder à opção “Exibição”, mas mesmo está diferente. As definições dos comandos mudaram, desaparecendo a opção de ligar ou desligar o controlo do guarda-redes, enquanto o cursor passa apenas a ter três opções. O resto muda apenas de visual, mas mais moderno e intuitivo.

Escolhidas as equipas, e existiam apenas quatro clubes e duas selecções à escolha, partimos para o campo em busca das reais diferenças para o “PES 2008”, talvez a maior desilusão de sempre de toda a série. Assim sendo, fazer melhor em “PES 2009” tornava-se imperativo, até porque o rival “FIFA” ganhou a preferência dos jogadores no ano transacto e continua muito forte este ano. A envolvência do público está melhor, principalmente a nível gráfico. Sente-se o ambiente de estádio cheio e mais pormenores gráficos nos espectadores. No relvado, a bola já rola e o que mais me cham a atenção é a disposição dos jogadores. No “PES 2008” o que me irritava solenemente era a forma errática como os jogadores se distribuiam no campo. Quantas vezes os defesas laterais apareciam no centro na defesa e deixavam os extremos adversários entrarem naquelas avenidas para cruzarem à vontade? Felizmente, a IA desta versão mostra uma equipa mais compacta, melhor distribuinda em campo e que respeita a táctica escolhida. Existe mais velocidade, o adversário faz mais pressão e jogar apenas para um jogador é muito mais difícil. Dantes, era fácil pegar na bola com Cristiano Ronaldo e levá-la até à baliza adversária. Agora, impõe-se mais troca de bola para chegar ao golo. Os guarda-redes parecem-me mais seguros e até os árbitros deixam jogar mais, acabando com o recital de apito que enervava qualquer jogador.

Nota-se uma física da bola melhorada, principalmente quando o jogador tem a bola controlada. Já os passes, principalmente em profundidade deixam ainda a desejar, pois assumem, muitas vezes, direcções contrárias à do controlo analógico. Já os jogadores roçam a perfeição, apesar de alguns rostos necessitarem de retoques, tal como a constituição das equipas. Por ser uma versão de demonstração, ainda não existe uma actualização dos plantéis, algo que irá suceder na versão final. Só para dar um exemplo, no Manchester United ainda não está Berbatov e mantém-se Louis Saha.

As primeiras impressões são positivas. Mais velocidade, mais pressão, masi dificuldade em marcar golos, maior realismo. Falta conhecer as restantes novidades, algumas delas apresentadas em forma de vídeo nesta demo, como os modos “Legend” e “Become a Legend”, algo muito semelhante ao “Be a Pro” da série “FIFA”. Aliás, esta demo sofre de um defeito terrível, em que o jogador é obrigado a visionar os vídeos promocionais antes de jogar um novo jogo.

Vamos esperar pelo dia 17 de Outubro para conhecer melhor “PES 2009”, mas este aperitivo deixou água na boca.

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: