jump to navigation

FIFA 09 vs PES 2009 Outubro 21, 2008

Posted by nunomachado in Análises, PC.
trackback

                

Esta é uma tarefa árdua para quem escreve sobres videojogos. Avaliar os dois jogos mais vendidos do mercado português é sempre uma responsabilidade acrescida. Acima de tudo, deixar de lado gostos pessoais e efectuar uma análise fria e imparcial destes autênticos dois campeões de venda. É o que vamos fazer.

Este ano, a grande curiosidade estava na resposta que a Konami, produtora de “Pro Evolution Soccer”, iria dar, depois da versão de 2008 ter sido uma das piores de sempre. Pela bitola oposta, navegou a Electronic Arts (EA), produtora de “FIFA”, que fez, provavelmente, o melhor jogo de sempre da séria. Partindo destas premissas, esperava-se um “PES 2009” que pouco ou nada tivesse do antecessor, e um “FIFA 09” com ligeiros retoques, pois em equipa que ganha não se mexe. Esta análise comparativa refere-se à versão de ambos os jogos para PC e vamos começar pelo aspecto visual do jogo.

Uma das grandes alterações na série PES foi a alteração do menu inicial. Mais moderno, mas nem por isso muito intuitivo, principalmente na escolha das equipas. Contudo, louve-se a vontade de mudar e evoluir, deixando de lado um certo cinzentismo que a série começava a carregar. Já o menu inicial do FIFA é mais intuitivo, mais atractivo e com muito mais opções. Quando entramos dentro de campo, tudo muda. A Konami surpreendeu pela positiva este ano, com um cuidado muito maior no aspecto gráfico. As animações estão mais realistas, o público surge em 3D quando os jogadores entram em campo, existe uma maior semelhança entre a face dos jogadores virtuais e reais. Para que a análise comparativa fosse o mais imparcial possível, entrei em campo para um Manchester United/Real Madrid e confesso que gostei mais do aspecto gráfico do PES do que do FIFA. Neste último, as faces dos jogadores ficam aquém do esperado e mesmo a textura dos relvados é mais real no jogo da Konami do que o da EA. Também as animações poderiam estar bem melhores, mas nota-se que esta versão ainda não está ao nível dos jogos para a PS3 e Xbox 360.

   

A questão que mais divide os amantes do futebol de sofá acaba por ser a jogabilidade. O ano passado, a série PES deixou-nos uma triste impressão com a facilidade que existia em marcar golos. Era pegar no Cristiano Ronaldo ou em Wayne Rooney e ir por ali fora até ao golo. Felizmente, acabaram as facilidades. Ganhar jogos, no modo de dificuldade mais elevado, é agora muito complicado, em que o jogo de equipa de sobrepõe às individualidades. As defesas estão mais fortes, os guarda-redes melhoraram, mas ainda continuam com algumas paragens de cérebro, o sistema de passes continua por afinar. As bolas paradas mantém o mesmo defeito, ou seja, nem sempre se consegue direccionar a bola para o local mais desejado, apesar dos cantos continuarem a ser uma forma simples de marcar golos. Apesar de se notar uma melhoria na Inteligência Artificial, os defesas ainda têm tendência para abandonar a sua posição e abrir alguns buracos incríveis. Mas, em suma, a jogabilidade deste PES está muito melhor, mais realista e menos arcade. Pegando no mesmo Cristiano Ronaldo ou Wayne Rooney, passei para o FIFA e diverti-me mais, confesso. A disposição táctica da equipa mantém-se sem grandes oscilações, as defesas são implacáveis, as grandes correrias terminam quase sempre num desarme e a velocidade de jogo chega a ser assustadora. Contudo, continua a faltar uma melhor edição das tácticas, como a edição das posições dos jogadores, quem sobe à área nas bolas paradas e por aí fora. Aqui, o PES leva vantagem. As faltas também terão de ser melhoradas, pois terminar um jogo sem a equipa adversária fazer uma falta não tem nada de realista, mas ainda assim, a jogabilidade do FIFA é superior ao PES. Já os comandos, a história é outra. Enquanto no PES é possível personalizar os botões de um comando, já no FIFA essa possibilidade é mais complicada, pois deixa editar apenas alguns botões. Contudo, a versão deste ano do jogo da EA apresenta um novo controlo através do rato, com um sistema de mira que permite efectuar passes e remates mais certeiros após algum tempo de adaptação.

   

Outra das grandes inovações na série PES é a introdução do modo “Be a Legend”, uma concorrência directa ao “Be a Pro”, do FIFA. Apesar das semelhanças, existem diferenças grandes nos dois modos. O “Be a Legend” coloca o jogador num jogo de experiência e de seguida é lhe oferecido contrato por uma ou mais equipas. Começa-se na equipa de reservas e é aqui que tudo se complica. Grande parte da época é feita a jogar na equipa de reservas contra os titulares para ganhar pontos de experiência. Apesar de serem possíveis transferências, não há nada mais aborrecido do que jogar num campo sem público, numa equipa que raramente nos passa a bola, porque muitas vezes perde-a em passes absurdos. Já o “Be a Pro” deixa-nos optar pela titularidade, gerir a equipa e adquirir pontos através de tarefas a cumprir durante os jogos. Ou seja, menos aborrecido e mais divertido, apesar de não podermos mudar de equipa, um pormenor a rever. Em ambos os casos, o jogador criado pode ser utilizado via on-line, num formato de quatro para quatro. Uma crítica ainda ao modo “Champions League”, do PES, pois apenas cerca de um dúzia de equipas estão licenciadas. E o resto?

As considerações finais vão para a banda sonora, com as músicas do PES a não entusiasmarem, enquanto no FIFA cumprem a função. Os comentários durante os jogos nunca foram grande coisa, em ambos os jogos e continuam a não ser. Uma última palavra para a falta de cuidado da Konami com a base de dados do jogo. Apesar de existir um editor, não custava nada apresentar os plantéis actualizados, como fez o rival que, ainda por cima, apresentou-se primeiro no mercado. Em suma, PES 2009 é uma lufada de ar fresco, mas FIFA 09 continua uns furos acima.

    

Comentários»

1. Sisko - Janeiro 29, 2009

Tenho os dois e não sou fanático ! sempre adorei o Pro..
mas o Fifa é claramente superior , tenho os dois e nem se compara.. já o fifa 2008 estáva muito bom… quem fala mal do fifa é porque não sabe jogar devido a ser um jogo extremamente complexo onde há variados controlos ao contrario de o pes que é um jogo simples.. o fifa demora mais a apanhar as manhas e a controlar .. um concelho aos fanaticos de pes! percam umas horinhas a jogaar fifa vão ver que nao se arrependem!

2. Paulo c. - Março 17, 2009

Nao entendo, disem q a EA investiu + em graficos no FIFA09, e o fato PES2009 sai na frente em realismo grafico
Disem q o FIFA é + divertido , e fala q o PES é chato por ser facil fazer gols, mesmo depois de diser q no PES SE PERDE A BOLA EM PASSES ABSURDOS.
ESTAMOS EM 2009, DIVERTIR PARA MIM NAO É FACILIDADE,DECEPCIONAR NAO É DIFICULDADE O FATO É Q O PES SEMPRE ESTARA + PROXIMO DO REAL.

3. Paulo c. - Março 17, 2009

RESPOSTAS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

4. joao pedro - Agosto 4, 2009

fifa eh o melhor em tudo!!!!!!!!!!!!!!!!!!

5. larsen - Setembro 24, 2009

isto e maximo


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: