jump to navigation

F.E.A.R. 2: Project Origin: Medo, muito medo! Fevereiro 3, 2009

Posted by nunomachado in Antevisões, PC'S.
trackback

fear-2-project-origin_logo

Era com grande expectativa que aguardava a demo deste jogo. O primeiro jogo da série, “F.E.A.R.”, tinha deixado uma enorme legião de fãs, logo esperava qualidade acrescida nesta sequela. A avaliar pela demo, “F.E.A.R. 2: Project Origin”, na versão PC, vamos estar perante de um dos melhores FPSs do ano. Para quem não conhece a história, Auburn, palco da acção, foi destruída no fim da história do jogo original, por uma explosão apocalíptica. A explicação para esta explosão e para os fenómenos paranormais que assolam a destruída cidade está em Alma, uma criança em que o ódio pela humanidade cresce a cada passo que dá. A nossa missão é parar Alma e a sua sede pela destruição. Mas, a tarefa não vai ser fácil, como se deixa antever nesta versão de demonstração.

fear-2-project-origin-demo_1

Neste primeiro nível de acção do jogo, o jogador terá como missão encontrar o resto da sua equipa das Operações Especiais, algo que não acontece, pois a demo termina antes de concretizarmos o objectivo. Contudo, no caminho feito para atingir o objectivo, o terror está bem patente nas cenas iniciais. O primeiro cenário é uma escola e posso afirmar que, pela primeira vez, os cabelos atrás da nuca arrepiaram-se com o que é vivido naqueles corredores. Preparem-se para utilizar a lanterna e descobrir corredores cheios de pedaços de corpos humanos, muito sangue e muitas almas penadas a atacarem-nos. Para finalizar este quadro de horror, vimos um companheiro de armas a ser viscerado perante os nossos olhos, sem nada podermos fazer. Passamos depois por estação de metro, sem grandes novidades a acrescentar e saímos para as ruas de Auburn, completamente pejadas de inimigos de todo o tipo. Locais de cobertura são muitos e muitos objectos podem ser utilizados para nos escondermos dos tiros inimigos. Também o armamento é variado, desde a simples pistola até um lança-rockets e uma útil espingarda de sniper. A cereja no topo do bolo é a armadura final, carregada de armamento que nunca mais acaba, capaz de avançar pelas ruas da cidade e despachar quem nos surge pela frente, sem grandes dificuldades.

fear-2-project-origin-demo_2

E pronto, chega ao fim a demo que nos deixa com muita vontade de ir direitos à versão final. Mas, deixo ainda mais algumas considerações finais sobre estes primeiros momentos com “F.E.A.R. 2: Project Origin”. Os gráficos estão espantosos, mas preparem uma boa placa gráfica e um bom processador para tirarem o máximo de proveito e evitarem alguns soluços indesejáveis. O “slow mo” continua a fazer um jeito do caraças quando temos resmas de inimigos a dispararem contra nós. Alma continua a surgir quando menos esperamos, mas como uma aparição e nada mais. E, apesar da demo poder ser jogado em pouco mais de 30 minutos, se explorarmos os cenários ao máximo, podia ter sido incluído uma opção para salvar a partir do ponto onde deixamos o jogo, se tivermos que o deixar a meio. Caso contrário, lá temos que começar tudo de novo. De resto, venha a versão final porque, para demo, soube a pouco.

fear-2-project-origin-demo_3

Comentários»

1. paloma - Agosto 24, 2009

nossa esse e o que eu queria gams assustadores?????


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: