jump to navigation

Dante’s Inferno – Bem-vindo ao Inferno Março 23, 2010

Posted by nunomachado in Análises, Playstation 3.
trackback

Numa altura em que a grande estrela do mercado se chama “God of War III”, eis uma excelente alternativa à aventura de Kratos. “Dante’s Inferno” é semelhante a “God of War”, mas não é igual. Primeiro porque a história agarra o jogador e é baseada numa das mais belas obras poéticas que é a “Divina Comédia”. Depois porque o herói da história, Dante, tem uma vertente mística e religiosa muito interessante. Por fim, estamos perante a real história de conflito entre o Bem e o Mal, ou seja, entre o Paraíso e o Inferno, sendo que o jogador acaba por encarnar, muitas vezes, o papel de Deus ou o do Diabo.

O vídeo introdutório mostra-nos a história das Cruzadas e da batalha entre o rei Ricardo e Saladino. Numa mistura de imagens cinematográficas e de banda desenhada, o jogador vê-se no papel de Dante, a cozer na pele, a cruz que identificava os Templários e a entrar numa simples primeira batalha. Depois, vem o confronto com a Morte que irá servir para ficar com a sua famosa foice, que será uma preciosa arma para o resto do jogo. O resto da narrativa é feita na busca pela alma de Beatrice, a amada de Dante. Para tal, o herói irá percorrer os nove círculos do Inferno, tal como são descritos na “Divina Comédia”. Este percurso não será nada fácil, pois Dante irá confrontar-se com as criaturas mais demoníacas que alguma vez se viram em videojogos. É o Inferno no seu melhor, ou pior.

Como em qualquer jogo de “hack ‘n slash”, os combates são fundamentais para o seu sucesso. O melhor que se pode dizer de “Dante’s Inferno” é que por muito que se aperte botões nas lutas que se vão sucedendo, nada é entediante, nem repetitivo. Para começar, os mais inexperientes neste tipo de jogo, têm um tutorial que lhes permite saber quais as combinações de botões correctas, com combos para todos os gostos e feitios. Os inomigos são muitos e variados. E fica um aviso, mostram ter uma IA bem apurada, dificultando ao máximo a tarefa de Dante. Entre magia e truques, a foice é a arma preferida de Dante, que tem ainda à disposição uma cruz milagrosa para destruir as criaturas do Inferno. A personagem terá ainda a possibilidade de absolver ou não as criaturas que defronta. A opção que tomar irá influir no desenvolvimento da personagem, para além de permitir a Dante adquirir novas habilidades. Conforme a opção que tomar, absolver ou punir, as habilidades disponibilizadas serão diferentes, visíveis numa Skill Tree sagrada e uma não sagrada.

O aspecto visual de “Dante’s Inferno” é magnífico. Desde os vídeos de ligação da história até aos cenários, tudo está bem desenhado, com imensos detalhes, texturas de grande qualidade e frames a rodar sem o motor gráfico dar parte fraca. Dante está incrivelmente detalhado, seja na face ou nas roupas, com animações de grande qualidade. O ambiente de Inferno sente-se a cada esquina, bem como um certo misticismo e espiritualismo. As criaturas e monstros são realmente assustadores e muito variados. O ambiente é ajudado por uma excelente banda sonora, com bons diálogos e um som ambiente meio épico, meio dramático, com muitos violinos à mistura.

A Visceral, produtora do jogo, incluiu ainda uma série de extras que muito valorizam o jogo. Desde vídeos, até à história de Dante, existem ainda diversos packs e expansões, disponíveis para download. A Visceral prometeu para este mês de Abril o lançamento de Trials of St. Lucia, uma expansão completa para o jogo que oferece um modo multijogador cooperativo, uma nova personagem jogável e um editor de combates dentro do jogo.

Por tudo isto, “Dante’s Inferno” é um jogo que vale a pena experimentar. Não traz nenhuma inovação ao género em que está inserido, mostra alguma falta de emoção nos capítulos finais, mas estes são apenas os pecados que apresenta. A visita ao Inferno garante emoção, divertimento e uma história muito bem contada.

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: