jump to navigation

FIFA World Cup 2010 South Africa – A festa do Mundial Maio 11, 2010

Posted by nunomachado in Análises, Notícias, Playstation 3.
trackback

As séries “FIFA” dedicadas aos Campeonatos do Mundo e da Europa de futebol eram consideradas, até alguns anos, como apêndices do jogo principal, que todos os anos é lançado por altura do início da época futebolística. Contudo, a Electronic Arts viu ali uma excelente possibilidade de efectuar testes para as versões tradicionais de “FIFA” e acabou por ganhar a aposta. “FIFA World Cup 2010 South Africa” é um dos melhores jogos de futebol alguma vez produzidos ao nível da jogabilidade. Traz as qualidades do excelente “FIFA 10” e junta-lhe algumas novidades e o ambiente de festa que é vivido em redor dessa grande competição que é o Mundial de futebol.

 A jogabilidade é o grande ponto forte desta edição especial de “FIFA”. A rapidez, que pode ser ajustada, a fluidez das jogadas, a inteligência táctica dos jogadores, seja da equipa controlada pelo jogador, seja do adversário, mostram como deve ser um verdadeiro simulador de futebol. Quem optar por jogar pelo nível mais complicado, vai encontrar sérias dificuldades em ganhar os seus encontros. Quem tem pouca experiência pode ainda socorrer-se dos sistemas de ajuda no passe, cruzamentos entre outros aspectos do jogo. A novidade está no controlo de dois botões, passar e chutar, para quem não se entende com muitos comandos.

Os mais experientes vão encontrar um desafio à altura, seja contra a inteligência artificial do jogo ou um amigo sentado no sofá. Messi ou Ronaldo são endiabrados com a bola nos pés, mas não pensem que ganham jogos sozinhos. Uma ou outra vez lá conseguem passar uns quantos adversários, mas o segredo para chegar ao golo está na rapidez de passe e na inteligência das desmarcações, com passes em profundidade a criarem boas oportunidades de golo. Uma palavra ainda para as defesas, com inúmeras possibilidades que vão desde a simples pressão até ao agarrar da camisola em corrida com o árbitro a dar a lei da vantagem. Duas diferenças significativas, para melhor, deste . “FIFA World Cup 2010 South Africa” para a série “Pro Evolution Soccer” está no comportamento dos árbitros e dos guarda-redes. Aqui, entende-se o porquê de uma falta e um critério mais equilibrado na amostragem de cartões. Já os guarda-redes mostram ser difíceis de bater e raramente tem paragens cerebrais como acontece frequentemente na série PES.

Apesar de ser restrito a uma competição, o Campeonato do Mundo, existem vários modos de jogo e muito para explorar. Pode jogar-se apenas a fase final, jogar as qualificações ou optar por desafios que servem para desbloquear itens e conquistar pontos. No modo on-line poderá efectuar actualizações quando forem conhecidas as convocatórias finais. Regressa o modo Captain Your Country, o irmão génio do Be a Pro da série tradicional, e existe ainda o Story of Qualifying, onde se pode impedir que a Dinamarca ganha a Portugal nos últimos minutos, como aconteceu durante a fase de qualificação. Existe ainda um modo para testar grandes penalidades, fundamental nas fases a eliminar, modo este que apresenta novidades na forma como são marcados os penalties, nada fáceis de concretizar. Estão presentes as 199 equipas que disputaram todas as fases, o que significa que há muito por onde escolher. É possível ainda escolher um “dream-team” actual e um com jogadores clássicos, apesar da escolha destes últimos não ser consensual.

O ponto menos positivo deste “FIFA World Cup 2010 South Africa” está no aspecto gráfico. Muitos são os jogadores com uma aparência que em nada se aproxima da realidade, principalmente os menos conhecidos. Contudo, os estádios e o ambiente em redor dos jogos está fantástico, bem ao jeito do povo africano. Também os cânticos de apoio e a banda sonora mostram que estamos no continente africano, com sons característicos e festivos.

“FIFA World Cup 2010 South Africa” antecipa um “FIFA 2011” de grande qualidade, pelo menos ao nível da jogabilidade. Mostra ser mais do que um simples produto de marketing da grande competição, com claras melhorias em todos os aspectos, exceptuando a qualidade gráfica. E o melhor é que aqui Portugal tem grandes probabilidades de ser campeão do mundo. Já na África do Sul a história será outra…

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: