jump to navigation

UFC 2010 Undisputed – Combates sangrentos Junho 13, 2010

Posted by nunomachado in Análises, Playstation 3.
trackback

É uma das modalidades de luta mais populares dos EUA. EM Portugal, já ganhou dimensão e ameaça ultrapassar a popularidade do wrestling. As artes marciais mistas, mais conhecidas por MMA, tem no UFC (Ultimate Fighting Championship) a sua prova de eleição, para além de ser um negócio muito rentável. Depois de uma primeira edição em 2009 bem sucedida, “UFC 2010 Undisputed” mostra que a série evoluiu, melhorando o que estava menos bom e mantendo os principais predicados.

A grande diferença entre este título e muitos outros de luta está na forma como são disputados os combates. Para quem não é conhecedor da modalidade, o melhor é começar pelos tutoriais e aprender um pouco sobre a essência das MMA. Não basta apertar botões e esperar que os golpes daí resultantes derrubem o adversário. É necessário muito trabalho táctico, até porque muitos dos combates são decididos por decisão dos juízes. Ao mesmo tempo, existem técnicas distintas para as lutas em pé ou no chão. São vários os movimentos e golpes que podem dar uma vitória, mas estes têm que ser treinados e aplicados no momento certo.

Uma das novidades desta nova versão está na estreia de alguns estilos de luta. Luta Greco-Romana ou karaté têm os seus movimentos e golpes próprios e alguns dos lutadores são fies representantes destes estilos. Por falar em lutadores, são agora mais de uma centena e fielmente representados. Desde os traços físicos até às roupas ou golpes tudo foi pensado ao milímetro. O mesmo acontece com o ambiente dos combates. Quando se entra no Octagon, o nome das arenas das MMA, e uma marca registada da UFC, tudo parece demasiadamente real. Felizmente, não se sentem as dores dos combates, mas tudo o resto é real como são os caso dos comentadores ou dos juízes.

Como em quase todos os jogos de luta, o modo carreira acaba por ser o mais completo e aliciante. Tudo começa com combates com adversários mais fracos e o nível vai evoluindo até ser possível conquistar o almejado cinturão de campeão do UFC. Este desporto é de tal modo um negócio, que o jogador só começa a sentir que está no UFC quando as lutas são transmitidas em canais de televisão “pay-per-view”. Até lá, tudo é feito na base do amadorismo e com muito treino pelo meio. Depois de conquistado o título surge um novo modo, o Title Defense, com doze adversários a tentarem ficar com o cinturão que tanto trabalho deu a conquistar. Depois existem ainda os Eventos, os Torneios e os Ultimate Fights. Este último modo revive um pouco a história do UFC, com os combates mais populares a serem revividos. Existe ainda um modo multiplayer, o Online Camp, onde um grupo de amigos se pode juntar e aviar uns quantos adversários. Cada vitória dá pontos ao grupo que podem ser consultados online. Este modo está ainda disponível no modo Carreira, o que significa que os combates online permitem que o lutador possa ganhar pontos de experiência.

A nível gráfico “UFC 2010 Undisputed” evoluiu bastante. Já se falou dos pormenores dos lutadores e do ambiente que rodeia os combates, mas falta falar sobres o que acontece dentro do Octagon. As lutas estão agora mais rápidas, os movimentos e golpes mais realistas. O sangue que vai surgindo dá o toque de realidade característico desta modalidade, enquanto a imagem a preto e branco indica que a energia está em baixo ou o KO está para breve. Em termos sonoros, os comentários ambientam bem o jogo e estão muito perto do realismo que é transmitido através da televisão.

Um dos pontos negativos do jogo está na passagem entre combates. Os “loadings” são demorados e retiram algum ritmo ao jogo. O outro aspecto a corrigir são os menus que primam por uma simplicidade complexa. Confuso? Passo a explicar. Demasiado simples graficamente, mas muito complexo em informação transmitida.

Em resumo, “UFC 2010 Undisputed” evoluiu em relação ao seu antecessor, com lutas mais ritmadas, mais lutadores e um ambiente gráfico renovado, mas necessita de melhorar nos “loadings” e nos menus.

Comentários»

1. RagnaRock - Junho 14, 2010

vejo que te andas a especializar em reviews, e ainda não fizeste nenhuma ao Red Dead Redemption.

Que tal participar neste passatempo http://www.jogosbaratos.net/2010/06/14/passatempo-red-dead-redemption/
😉


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: