jump to navigation

Scott Pilgrim Vs The World – Regresso ao passado Agosto 25, 2010

Posted by nunomachado in Análises, Playstation 3.
trackback

Esqueçam os grandes cenários, cheios de pormenores gráficos. Esqueçam as personagens detalhadas, desenhadas ao milímetro. Esqueçam tudo o que tem a ver com consolas de nova geração. Bem-vindos ao passado. Uma viagem que ninguém se vai arrepender, depois de jogar “Scott Pilgrim Vs The World”, jogo exclusivo para a PS3, disponível online. A Ubisoft resolveu abrir o baú das recordações e fazer uma espécie de homenagem aos jogos dos anos 90. O resultado final é muito bom e muito por culpa de Scott Pilgrim, uma personagem carismática da banda desenhada. Para os mais jovens, que nunca ouviram falar deste nome, Scott Pilgrim é um músico que tem um azar tremendo quando se apaixona por Ramona Flowers. Tudo porque a jovem tem uma enorme colecção de ex-namorados, mais concretamente sete, e vão utilizar os poderes maléficos que possuem para infernizar a vida do jovem Pilgrim.

Nesta demanda para fugir ao grupo de corações quebrados, Scott conta com a ajuda de Stills, um miúdo cheio de estilo como o nome indica, e Kim, uma típica miúda popular da escola. Quando a acção começa, surgem referências subliminares a diversos títulos dos anos 90, como “Street Fighter”, “Golden Axe” ou “Mario Bros”. A mecânica do jogo é simples e vicia. O jogador pode optar por qualquer uma das quatro personagens e partir para a pancadaria, pois é o principal ingrediente do jogo. Tal como a grande maioria dos jogos dos anos 90, também “Scott Pilgrim Vs The World” tem uma progressão de cenários de forma lateral. Depois a mistura é feita de corridas, socos, pontapés e muitos ataques especiais. A progressão traz mais experiência e esta novos golpes. Por outro lado, os habituais “bosses” oferecem dificuldades acrescidas, ou seja, entra aqui a vertente táctica em jogo, sendo necessário estudar o adversário, descobrir os pontos fracos e atacá-los. Existem ainda recolha de itens, como moedas, um pouco à moda de “Super Mario Bros. 3”, que podem ser guardadas num cofre e, posteriormente, gastas em novos equipamentos ou energia.

A análise gráfica do jogo é, obviamente, diferente da maioria dos jogos. Estamos deliberadamente num ambiente 2D, com cenários e personagens com pouca ou nenhuma resolução. Mas é aqui que reside o segredo do jogo. O regresso a um passado glorioso, onde em primeiro lugar estava a mecânica de jogo e o divertimento que transmitia e só depois vinha a questão gráfica. Ao mesmo tempo, as cores e as variedades de cenários contribuem ainda mais para a aura especial que este jogo transmite. Para ajudar à festa, a banda sonora traz os famosos sons das consolas de 8 bits, que por vezes podem tornar-se repetitivos. Mas, jogo de época é jogo de época e mais nada.

Em resumo, “Scott Pilgrim Vs The World” é uma das melhores, senão a melhor, homenagem aos jogos retro. Com um visual que agrada aos puristas e não desilude os novatos, uma jogabilidade viciante e muitas horas de diversão, este é um dos melhores jogos para download que chegaram à Playstation Network. Pena que não disponha de um modo online, apenas um modo para quatro jogadores no mesmo ecrã, mas este facto não retira excelência a “Scott Pilgrim Vs The World”.

 

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: