jump to navigation

F1 2010 – Uma boa surpresa Outubro 13, 2010

Posted by nunomachado in Análises, Playstation 3.
trackback

Desde há muitos anos que um Mundial de Fórmula 1 tinha tantos pretendentes ao título. O novo sistema de pontuação, um maior equilíbrio entre carros e pilotos e as próprias regras em muito contribuíram para este campeonato disputado por cinco pilotos, Mark Webber, Fernando Alonso, Sebastian Vettel, Lewis Hamilton e Jenson Button.

E que melhor contexto que este para ser lançado “F1 2010”, o novo jogo da Codemasters que procura representar na perfeição a temporada actual da modalidade máxima do desporto motorizado. Tudo começa como deve começar no mundo da F1, com a imprensa. Uma conferência de imprensa que serve para apresentar o novo piloto, sendo seguida da apresentação dos bastidores, como o frenesim das boxes ou a pacatez da “motor home”.

Uma das críticas sempre adjacentes aos jogos de Fórmula 1 é a dificuldade. Muitos são os que desistem, pois raramente conseguem fazer duas curvas seguidas sem sair de pista. “F1 2010” resolve esta situação com mestria. Existem níveis de dificuldade Fácil e Normal, ideais para os “rookies” e os que procuram uma experiência de condução pouco exigente. Aqui existem ajudas de todo o tipo, como assistentes de direcção e travagem, enquanto os danos provocados raramente levam à desistência. Ao mesmo tempo, o Sistema Flashback permite visionar os eventuais erros cometidos e corrigir numa oportunidade futura. Os desafios mais interessantes começam quando se escolha a dificuldade máxima. Aqui é condução pura e dura e quem tem unhas toca viola. Não há assistentes, mas afinações. Aqui trabalha-se na box, encarna-se o papel de Michael Schumacher e um ajuste da asa traseira ou uma escolha deficiente de pneus pode deitar uma corrida a perder.

Durante as corridas, tudo é feito com critério. As trajectórias têm de ser perfeitas, os momentos de travagem têm de ser efectuados no momento certo, os pneus têm de ser poupados. Um mínimo erro e lá se vai a vitória. Convém ainda lembrar que as regras são para cumprir. Não ultrapassar com bandeiras amarelas, cumprir o limite de velocidade nas boxes ou facilitar as ultrapassagens nas dobragens são algumas das regras que nunca devem ser esquecidas, caso contrário há penalizações.

O realismo empreendido é tal que a vitória n acorrida começa nos treinos livres. É aqui que se fazem as afinações para a pista em questão, seguindo-se os treinos cronometrados para conseguir a melhor posição na grelha de partida e evitar a confusão que se gera no meio do pelotão. Com tantas dificuldades, muitas vezes terminar uma corrida já é uma vitória.

Estão representadas todas as equipas, pilotos e pistas, uma mais-valia para o jogo. É a oportunidade de conduzir na mítica pista do Mónaco ou na surpreendente corrida nocturna de Singapura. Aliás, os elementos climatéricos são também fundamentais no desenrolar das provas. A chuva que surge provoca muitos estragos, principalmente quando a escolha de pneus não é a mais adequada. O aspecto gráfico divide-se entre dois cenários. Dentro da pista, a Codemasters utilizou todos os ingredientes e a qualidade é acima da média, apesar do motor de jogo sofrer com algumas intermitências quando existem muitos carros no ecrã. Fora de pista, parece que o jogo ficou inacabado na componente gráfica. Elementos com baixa resolução, público amorfo, enfim falta ambiente, falta a qualidade que existe dentro da pista.

Uma palavra para o modo on-line que permite até 12 “pilotos” em simultâneo, que nivela as corridas com a grelha de partida. Ou seja, os “artistas do volante” com menos experiência partem na frente, enquanto os “ases” largam nas posições dianteiras. Sem grande diferença de modos, o “segredo” está na escolha das opções para cada corrida. No fim, tudo acaba numa grande “caldeirada” em pista e ganha o que melhor se safa. Em suma, “F1 2010” é dos melhores simuladores de sempre da Fórmula 1 e com isto está tudo dito.

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: