jump to navigation

Pro Cycling Manager 2011 – Sprint final Julho 27, 2011

Posted by nunomachado in Análises, PC.
trackback

No momento que esta análise é escrita o Tour de France 2011 está à porta dos Alpes e a entrar na sua fase decisiva. Quem vai ganhar? Contador, um dos irmãos Schleck ou Evans? No momento em que estiver a ler estas linhas, já sabe a resposta a esta questão. Mas, se não foi o seu favorito que ganhou a mítica e mais prestigiada prova de ciclismo do mundo, eis a oportunidade para mudar este cenário.

“Pro Cycling Manager 2011” é o jogo que coloca o jogador no papel de manager de uma equipa de ciclismo, onde é mais importante gerir que pedalar. Se no ano passado, foi introduzido um novo modo, Etapa, este ano não existem novidades neste campo, regressando os mesmos modos, ou seja, Carreira, Época, Volta, Etapa, Clássica, Pista, Online e Rede. No entanto, as novidades estão dentro dos próprios modos.

Assim, a Carreira tem agora um grau de exigência maior por parte dos patrocinadores e aqui há marcas novas, como uma das empresas mais valiosa do mundo, Facebook. Ao todo existem 60 equipas para escolher e muitas camisolas de patrocínio. Existem objectivos para cumprir e quando assim não acontece, lá se vão os patrocinadores. No fundo, há aqui muita gestão e menos competição. Já no modo Época, a parte de gestão é menos importante, sendo fundamental a estratégia em corrida e uma boa escolha de ciclistas para a equipa, uns para as grandes voltas, outros para as clássicas, contra-relogistas, sprinters ou trepadores. No modo Volta, é escolher uma ao gosto e disputa-la, sendo que a mais aliciante é o Tour de France ou, por amor à pátria, a tradicional Volta a Portugal. No modo Etapa, escolhe-se aquela tirada que sempre se desejou fazer em locais míticos como o Alpe d’Huez, o Tourmalet, a Serra da Estrela, Lagos de Covadonga ou os Campos Elísios. Nas Clássicas, provas de um dia, há muito por onde escolher, mas o Paris-Roubaix é especial, pelos tradicionais troços de pavé. Por fim, o modo Pista permite corridas em velódromos, o modo Rede oferece corridas entre amigos e o Online permite escolher corredores de todo o mundo e competir contra eles.

Para quem não chega todos estes modos, tem ainda à disposição um editor de etapas e um editor de base de dados. No primeiro, pode construir-se etapas ao gosto do jogador, enquanto no segundo, permite alterar os dados de ciclistas, equipas e muito mais. O aspecto gráfico continua a demonstrar vitalidade, mas com espaço para melhorar. Os menus são agora mais amigáveis, os ciclistas apresentam diferentes características físicas e as paisagens continuam deslumbrantes.

“Pro Cycling Manager 2011” mostra que está em forma. Os modos foram melhorados, tal como o aspecto gráfico. A jogabilidade é intuitiva e a quantidade de provas e ciclistas continua a surpreender. Se tivéssemos que classificar este jogo como um tipo de ciclista, será certamente um trepador, continuando a galgar etapa atrás de etapa até se tornar num jogo de excelência.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: