jump to navigation

Warhammer 40,000: Space Marine – Guerra aos orks Setembro 14, 2011

Posted by nunomachado in Análises, Playstation 3.
trackback

Eis uma série que consegue sempre oferecer novidades, apesar do lançamento constante de novas versões quase todos os anos. “Warhammer 40,000: Space Marine” inova no género, pois se antes existia uma versão de estratégia em tempo real pura e dura, a Relic resolveu mexer neste aspecto e acabou por correr bem. Os fãs da série podem agora esperar uma mistura de shooter na terceira pessoa e hack and slash. Significa que a forma de jogar alterou-se, com mais acção, menos momentos passivos e sangue, muito sangue.

A história passa-se no planeta Graia que foi invadido pelos inevitáveis Orks. A tarefa da nossa personagem, Captain Titus, é não deixar cair nas mãos das feias criaturas uma tecnologia que pode dar vantagem neste conflito. Titus é mais que especializado para esta missão, pois pertence aos Ultramarines e já tem mais de 150 anos (sim, não é erro!) de combates. Entre oito a dez horas, o modo campanha entretém, sempre com os orks como centro da acção, entre outras tarefas. O avanço na história é feito com bom equilíbrio, muito devido aos controlos, que se revelaram bem adaptados à mecânica do jogo. A separação entre géneros é feita através dos disparos, feitos nos gatilhos, enquanto a parte de hack and slash é feita através dos botões. Armas há muitas e todas elas com funções diferentes e com vantagens e desvantagens. No entanto, o martelo gigante é, sem dúvida, a arma mais eficaz e aquela que os jogadores vão eleger. A violência em “Warhammer 40,000: Space Marine” é constante e bastante explícita. Quando os orks já estão entre as 10 e as 11 é possível dar a estocada final em estilo, sempre com muito sangue e violência.

Falemos agora do modo multiplayer, ainda mais interessante que o modo campanha. Aqui existem 41 níveis para jogar e três classes distintas de Space Marine: Tactical Marine, Devastator e Assault. As duas últimas apresentam características superiores, com especial atenção para a utilização do jetpack, na classe Assault. Podiam existir mais modos online, Annihilation e Seize Ground. Em Outubro, espera-se que a Relic distribua, de forma gratuita, um modo cooperativo. Depois, o jogador tem à sua disposição inúmeras combinações para adicionar à famosa armadura dos personagens desta saga.

“Warhammer 40,000: Space Marine” inova na forma de jogar, apresenta um bom modo de campanha e um ainda mais divertido modo multiplayer. Se melhorar na variedade de modos online, mais mapas e os problemas de entrar nos jogos, podemos ter aqui um jogo perto da perfeição.

 

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: