jump to navigation

Battlefield 3 – Espírito de equipa Novembro 25, 2011

Posted by nunomachado in Análises, Playstation 3.
trackback

A soma das partes é o que faz de “Battlefield 3” um dos grandes first person shooter do ano. Tem elementos que podiam ter sido melhor explorados, tem outros que roçam a perfeição. Feita a média final, a pontuação é elevada. Mas, comecemos do início, ou seja, pela narrativa.

Mais uma vez, há americanos e russos metidos ao barulho e, como aspecto principal da narrativa, quatro personagens para explorar. O inimigo-mor da história é Solomon que planeia desencadear uma crise nuclear, tendo como objectivo algumas das grande metrópoles mundiais. Para combater esta ideia megalómana teremos Henry Blackburn, um sargento que é a personagem principal e que através de flashbacks conta como se chegou a este cenário, sendo que o faz através dos olhos de outras personagens. Assim, ainda assumimos o papel da Tenente Jennifer Hawkins, do Sargento Jonathan Miller e do russo Dimitri Mayakovsky. A ideia de ter quatro personagens é boa na teoria, mas na prática desilude um pouco, pois não há tempo suficiente para conhecer a fundo as personagens. O jogador salta de personalidade em personalidade de forma muito rápida, o que acaba por retirar alguma densidade à história.

Como começa a ser normal nos jogos do género, o modo a solo é uma espécie de entrada para o prato principal, o multiplayer. Assim, a campanha dura pouco mais de 5 horas e faltam alguns elementos que só estão presentes no online. É compreensível esta aposta das produtoras, mas não podem esquecer os jogadores que gostam de campanhas longas, sem necessidade de ligação à internet e sem entrar, muitas vezes, em modos que lhes falta um fio condutor, objectivos de progressão e por aí fora. Felizmente, não é o caso de “Battlefield 3”, que possui um poderoso modo multiplayer, talvez o mais completo no género.

Há muito por onde escolher. O cooperativo apresenta três níveis de dificuldade, com diferentes missões, mas apenas disponíveis para juntar 2 jogadores. Depois, existem os tradicionais modos Deathmatch, Team Deathmatch, Rush, Squad Rush e o Conquest. Em todos os modos é possível conquistar pontos, que permitem melhorar ou adquirir armas novas, ou novas habilidades. Por outro lado, os jogadores podem escolher entre quatro classes distintas para assumir nos diversos modos: Engeneer, para os que gostam de destruir; Assault, para quem prefere uma atitude defensiva; Support para os altruístas; e Recon, que varia entre reconhecimento e sniper. Se a isto tudo se somar a possibilidade de conduzir tanques, jipes ou outros veículos e pilotar aviões, helicópteros ou barcos, então estamos perante o online mais completo de todos.

A estreia do motor de jogo Frostbite é outra das mais-valias de “Battlefield 3”. O nível de detalhe atinge patamares assombrosos, como o a luz solar a espreitar entre os edifícios destruídos e a dificultar a visibilidade. É realmente um portento visual, com texturas perfeitas, cenários de perder de vista e variados, até mesmo as cenas de combates aéreos estão magníficas. Para complementar, foi acrescentada uma banda sonora que acompanha a acção na perfeição.

Mais do que disparar tiros a torto e direito, “Battlefield 3” oferece uma experiência de combate na vertente online única. Existe ali um verdadeiro espírito de camaradagem militar, de entreajuda, onde não se vê em mais nenhum jogo. A história que oferece não é brilhante, nem a extensão do modo campanha. Mas “Battlefield 3” vale pelo modo multiplayer, por si só muito mais completo que outros FPSs que por aí andam.

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: